Óleo essencial de erva-cidreira ou Melissa

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

Publicado em 30 de setembro de 2019 por

A erva-cidreira, juntamente à sua prima menta, está classificada entre as plantas medicinais mais antigas de que se tem conhecimento.

Na antiguidade, mesmo antes das primeiras grandes civilizações do mundo antigo, ela era usada para o tratamento de feridas e doenças, pois combatia inflamações e ajudava a superar várias enfermidades.

A planta cresce em muitas regiões do planeta, podendo ser encontrada na Ásia, América, no norte da África, no Mediterrâneo e no Oriente Médio até a costa sul da Crimeia.

A Melissa é considerada uma boa planta para a produção de mel – as abelhas a adoram –, e sua florada ocorre no auge do verão, com cheiro de limão fresco.

  1. Caracteristicas

O óleo de Melissa é um dos mais caros e inacessíveis, mas vale a pena o esforço para encontrá-lo. Essa raridade é obtida através da destilação a vapor, mas apenas das folhas e topos das hastes, juntamente com as inflorescências formadas.

Externamente, o óleo de erva-cidreira não é fácil de reconhecer: amarelo pálido e muito fluido, é em muitos aspectos idêntico ao de limão. É rapidamente absorvido e tem um leve cheiro de limão inexpressivo com notas herbais e frescas, um tom matutino e uma base fria. Este aroma é muito fácil de confundir com outros óleos.

Publicidade

O óleo de Melissa pode ser armazenado em recipientes fechados por mais de 5 anos.

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

  1. Propriedades do óleo de erva cidreira

A erva-cidreira tem muitas propriedades curativas e, acima de tudo, é conhecida por sua capacidade de afetar positivamente o sistema nervoso e o cérebro: com efeito estimulante e calmante, alivia cólicas e tonturas e elimina zumbidos.

Além disso, possui um efeito antiespasmódico, analgésico, diaforético, laxante leve, antiviral, bactericida, colerético, carminativo, expectorante, antipirético e cicatrizante; melhora o funcionamento do estômago e do coração.

Há muito que as pessoas usam a planta como medicamento em períodos dolorosos, anemia, insônia, neuralgia, asma, falta de ar, má digestão, resfriados, etc.

O bálsamo de Melissa também tem um cheiro como o do limão, e, similar ao óleo, é obtido através da destilação a vapor de todas as partes da planta – mas mais frequentemente a partir de folhas frescas, flores e caules.

Como todos os óleos essenciais, o óleo de erva-cidreira tem uma composição rica e complexa, que não forneceremos em detalhes, bastando dizer que estão presentes muitos ésteres, monoterpenos, terpenos aldeídos e outras substâncias com alta atividade biológica.

Por exemplo, o geraniol é um terpenóide com cheiro de rosa e sua irmã monoterpen mircene, em muitos aspectos, determina o cheiro agradável desse óleo, bem como da própria planta.

Publicidade

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

  1. Uso de óleo de erva-cidreira

Na medicina, o óleo de erva-cidreira é utilizado desde os tempos antigos: os gregos o usavam para melhorar a memória, a acuidade visual, para tratar convulsões, disenteria e no tratamento de doenças inflamatórias.

As propriedades calmantes e antiespasmódicas do óleo permitem que ele seja usado para insônia – ele atua como um leve comprimido para dormir; na prática psicoterapêutica, é usado para aliviar os efeitos do estresse e restaurar o equilíbrio energético do corpo.

Cardiologistas o recomendam para prevenção e tratamento de doenças cardíacas não complicadas, ao passo em que neurologistas o utilizam no tratamento de doenças do sistema nervoso autônomo.

Ao ingerir um pouco do óleo de erva-cidreira, a pressão diminui e a frequência cardíaca e a respiração normalizam. Para tensão nervosa e pressão alta, o mais indicado é um banho quente (36-37 °C) com óleo de erva-cidreira – mas não mais que 5-6 gotas.

O óleo essencial de Melissa também é prescrito para normalizar a digestão, pois suaviza a gastrite e elimina o inchaço, em casos de sangramento uterino, pois os impede e para tratamentos contra doenças inflamatórias da garganta, cavidade oral e trato respiratório.

Ele tem um efeito analgésico pronunciado na dor de qualquer etimologia e também alivia cãibras, fraqueza, anemia, tontura, astenia, escurecimento da visão, desmaios e ajuda a aliviar reações alérgicas, tanto na pele quanto respiratórias.

É um dos “óleos femininos” mais pronunciados, pois alivia sangramentos anormais, alivia tensões pré-menstruais, regula os ciclos e normaliza a atividade ovariana.

Adicionalmente, o óleo de erva-cidreira reduz dores de cabeça, baixa febres e estimula o sistema reprodutivo.

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

  1. Óleo de Melissa na dermatologia

Nesse campo, é usado para tratar infecções fúngicas, furúnculos, eczema e herpes. Ajuda rapidamente com picadas de insetos, aliviando coceiras e vermelhidões e também é usado para tratar contusões, cortes e feridas, reumatismo, enxaquecas, inchaço das glândulas mamárias e repelir insetos.

Nas feridas, uma gota de óleo de erva-cidreira deve ser aplicada na região pura ou misturada a um óleo base. Compressas com óleo de erva-cidreira geralmente são usadas para herpes genital – para a mesma doença, é tomado por via oral – 2-3 vezes ao dia, de 1 a 4 gotas, dissolvendo-se em uma colher de café de mel ou em um copo de água morna.

  1. Uso oral

Outras indicações para a ingestão do óleo de erva-cidreira por via oral incluem: anemia, períodos dolorosos, depressão, comprometimento da memória, toxicose na gravidez, asma, zumbidos, tonturas, desmaios, epilepsia, cãibras, insônia, aumento da irritabilidade nervosa, neuralgia, etc.

Você também pode tomar óleo de erva-cidreira com geléia, e até maionese e outros molhos (5-7 gotas por 50 g), bem como adicioná-lo a pratos de carne, peixe e vegetais.

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

  1. Uso na cosmetologia

Na cosmetologia, o óleo essencial de erva-cidreira pode ser usado para diferentes fins, mas na maioria das vezes é usado para cuidar dos lábios e de peles e cabelos oleosos.

As propriedades curativas do óleo de erva-cidreira melhoram a condição dos lábios, eliminando crostas e rachaduras: basta adicionar o óleo ao seu creme ou protetor labial – isso protegerá seus lábios dos efeitos do calor, frio e do vento.

Se os lábios perderem brilho e frescor e empalidecerem, aplique diariamente uma mistura de qualquer óleo base (10 ml) com óleo essencial de erva-cidreira (5 gotas).

  1. Óleo de Melissa para a pele

Além de ser bom contra oleosidade, o óleo de erva-cidreira é ótimo para o envelhecimento e flacidez da pele, pois contém muitas substâncias biologicamente ativas que tornam a epiderme mais firme e lisa.

A pele seca também se torna notavelmente melhor após a aplicação do óleo de erva-cidreira: ele hidrata e nutre, enquanto remove irritações e descamações.

Para pele oleosa e porosa, os banhos de vapor ajudam muito, basta misturar:

  • 1 gota de erva-cidreira
  • 1 gota de óleo de bergamota
  • 2 gotas de óleo de toranja
  • 1 litro de água;

ou

  • 1 gota de óleo de erva-cidreira,
  • 1 gota de óleo de zimbro,
  • 1 gota de óleo de limão,
  • 1 gota de óleo de manjerona
  • 1 litro de água.

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

Máscara para pele oleosa ou com poros dilatados:

Ingredientes:

Modo de preparo:

Misture uniformemente o óleo de gérmen de trigo, o óleo de semente de uva, a argila cosmética e a spirulina em pó, adicione 5 gotas de óleo de erva-cidreira a 5 ml da mistura e aplique no rosto, tentando aplicar uma camada mais espessa nas áreas com poros expandidos. Mantenha por 5 minutos e enxágue com água em temperatura ambiente.

Gelo cosmético para revitalizar qualquer tipo de pele:

Ingredientes:

  • 2 gotas de óleo de erva-cidreira
  • 1 colher de mel ou creme hidratante
  • 1 copo de água

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes e leve ao freezer para congelar. Use de manhã e à noite para limpar a pele do rosto, pescoço e da área do decote.

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

  • Óleo de Melissa para os cabelos

Para cabelos oleosos e caspa, você precisa adicionar algumas gotas de óleo de erva-cidreira ao seu shampoo. Se você lavar o cabelo com esta composição por cerca de um mês e meio, o cabelo deixará de ficar oleoso, se tornando forte e saudável.

Com o óleo de erva-cidreira, você pode fazer máscaras para cabelos oleosos e massagear o couro cabeludo: isso reduzirá a atividade das glândulas sebáceas e os cabelos não ficarão mais tão pesados e cheios de óleo.

O resultado pode ser obtido mais rapidamente se você misturar óleo de erva-cidreira com óleos de abeto, cedro, lavanda, sálvia, tomilho, limão, etc. Nesses casos, é bom usar bardana como óleo base.

Boas máscaras são obtidas com base em um bálsamo para cabelos oleosos: 5-7 ml de óleo de macadâmia e 5-7 gotas de óleo de erva-cidreira misturadas com argila cosmética bem misturadas e aplicadas ao couro cabeludo por meio de separação.

A cabeça deve ser coberta com um filme e uma toalha espessa aquecida (que deverá ser mantida por 10 a 15 minutos) e lavada com água morna.

No seu condicionador para cabelos oleosos, você pode adicionar 8 a 10 gotas de óleo de erva-cidreira.

  1. Banhos com óleo de erva-cidreira

Os banhos para o corpo não apenas melhoram a condição da pele, mas também aliviam o estresse. Para tal, adicione óleo de Melissa (5 gotas) à água do banho quente (37-38 ° C), dissolvendo-o em sal marinho, creme ou mel.

Você pode tomar um banho por mais de 20 minutos e se secar com uma toalha e movimentos leves. Se sua pele for sensível, 3-4 gotas de óleo são suficientes, caso contrário, você pode sofrer queimaduras graves.

Quando a pele está cansada, uma boa pedida é adicionar 2 gotas de óleo de erva-cidreira e neroli e 3 gotas de óleo de pau-rosa ao banho.

erva-cidreira Melissa óleo essencial aromaterapia saúde cabelos pele

  1. Dosagem

  • Para aromatização, basta 2 gotas de óleo de erva-cidreira para um procedimento com a lâmpada de aroma;
  • Para banhos aromáticos, adicione 3 gotas, somente após o quinto procedimento, aumente a dose para um máximo de 5 gotas. Para óleo essencial diluído em sal, mel ou leite, o procedimento é limitado a 10 a 20 minutos;
  • As inalações são realizadas apenas a frio, e a duração desse procedimento é de 5 minutos;
  • 10 gotas de erva-cidreira devem ser adicionadas em 100 ml de água para lavar feridas;
  • Para uma mistura de massagem de 15 g, são suficientes 4 gotas de óleo aromático;
  • Para inflamação das gengivas e para refrescar o hálito, bastam 2 gotas de erva-cidreira e 1 gota de óleo de árvore do chá em um copo de água morna;
  • Para adição em produtos cosméticos, são suficientes 3 a 5 gotas de óleo de erva-cidreira
  • Para ingestão, deve ser consumida apenas 1 gota misturada a uma base doce (mel, geleia), chá, kefir ou iogurte.
  • E por falar em chá, 200g de folhas de erva-cidreira e um máximo de 4 gotas de óleo da planta são uma ótima pedida (principalmente em dias frios!).

O óleo de Melissa não deve ser usado por pessoas com intolerância a qualquer de seus componentes ou durante a gravidez. Você não deve usá-lo continuamente por mais de 2 semanas. Não é recomendado para pessoas cujo trabalho envolve o uso de voz (cantores, emissoras, etc.), pois pode causar dor de garganta. Se a dose for excedida, pode ocorrer letargia e sonolência.

Leia também:

Aromaterapia e óleos essenciais – métodos de uso e tratamento

Aromaterapia para animais

Óleo essencial de olíbano: uso, propriedades e composição

O poder das ervas e plantas mágicas

Azeite de oliva como óleo base

Óleo de calêndula

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário