Óleo essencial de alecrim: propriedades, usos e contraindicações.

Óleo essencial de alecrim: propriedades, usos e contraindicações. Tratamento com óleo essencial de alecrim

O óleo essencial de alecrim possui muitas propriedades benéficas únicas. Graças a isso, é igualmente utilizado em cosmetologia, medicina e na vida cotidiana. O principal é saber como usar as propriedades surpreendentes desse óleo maravilhoso.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

Um pouco de história

O óleo essencial de alecrim é conhecido e respeitado há muito tempo. Hipócrates o considerava um dos incensos mais curativos e recomendava seu uso para a maioria das doenças.

Os filósofos gregos antigos gostavam muito dele e usavam grinaldas feitas desta planta para melhorar a memória. Suas contrapartes egípcias usavam o óleo de alecrim como aromatizante natural.

Surpreendentemente, o óleo nunca foi esquecido até na Idade Média. Havia uma lenda bíblica de que antigamente as flores desta planta eram brancas, mas depois que a Virgem Maria pendurou nela sua capa azul, elas adquiriram essa cor.

Talvez seja por isso que a planta era usada em medicina e em cultos religiosos. O alecrim era especialmente popular nos rituais de expulsão do diabo e das forças do mal.

Estudos modernos mostraram que, se sua capacidade de expulsar espíritos de outro mundo não é tão óbvia, suas propriedades bactericidas são comprovadas.

Alecrim é um tônico e analgésico natural, ele ativa processos de regeneração e alivia espasmos. E isso é apenas uma pequena fração de suas propriedades úteis.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

As principais propriedades do óleo essencial de alecrim

Hoje em dia, este óleo aromático pode ser encontrado em qualquer farmácia. É usado tanto na medicina popular quanto na clássica, reconhecendo e confirmando suas propriedades curativas únicas. Aqui estão os principais delas:

  1. Este óleo realmente melhora a memória, facilita o processo de memorização e assimilação de novas informações, estimula a atividade cerebral, aumenta a concentração. Isso se deve a sua capacidade de melhorar significativamente a circulação cerebral.
  2. Alecrim é famoso por sua capacidade de aliviar dores de cabeça e alguns outros tipos de dor. E, diferentemente de outros analgésicos naturais, não causa sonolência. Pelo contrário, ele dá força e ajuda na concentração.
  3. O cheiro fresco e brilhante de alecrim ajuda com depressão, apatia, exaustão nervosa e muitos outros problemas psicológicos.
  4. Outra propriedade comprovada deste óleo é a propriedade bactericida. As substâncias contidas nele impedem o crescimento de bactérias, aliviam a inflamação, ajudam o sistema imunológico a combater infecções.
  5. Alecrim aumenta a capacidade natural do tecido de se regenerar.
  6. Este óleo tem um efeito benéfico nos processos digestivos, normalizando o peristaltismo e inibindo a flora patogênica.
  7. O óleo essencial de alecrim é conhecido por sua capacidade de melhorar a circulação sanguínea, devido à qual é usado para doenças do sistema cardiovascular.
  8. É um dos afrodisíacos naturais mais fortes.

É quase impossível citar todas as propriedades curativas desta planta e o óleo essencial feito com base nela, mas as qualidades acima são fundamentais e são elas que determinam as áreas de seu uso.

No entanto, este óleo também tem suas contraindicações.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

Contraindicações ao uso de óleo de alecrim

Todas as contraindicações para o uso de óleo essencial de alecrim são na verdade uma continuação natural de suas vantagens. Em particular, este óleo pode ser perigoso nas seguintes situações:

  1. Não é recomendado para pessoas com epilepsia e propensas a convulsões.
  2. As gestantes devem usá-lo com cautela.
  3. O óleo essencial de alecrim pode causar queimaduras solares na pele, por isso não aplique produtos contendo o óleo antes de sair.
  4. Não deve ser utilizado por pessoas que sofrem de hipertensão ou propensas a pressão alta.

Finalmente não se esqueça da intolerância individual em relação a este óleo aromático ou seus componentes. Portanto, antes de usá-lo de qualquer forma, é necessário realizar um teste simples: aplique uma gota no interior do pulso ou na dobra do cotovelo.

A princípio, terá uma leve sensação de queimação, mas depois de alguns minutos ela passará. Se, dentro de 24 horas, não ocorrer vermelhidão ou irritação no local da aplicação, o óleo pode ser usado com segurança. Caso contrário, procure outros óleos.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

Métodos de uso

Como outros óleos aromáticos, este óleo pode ser usado de várias maneiras:

  1. Em lâmpadas aromáticas. Para refrescar o espaço, basta adicionar 3-4 gotas de óleo à água.
  2. Para banhos. Misture 5-6 gotas de óleo de alecrim com uma colher de sopa de óleo base e despeje em água quente.
  3. Para pingente de aroma individual. 3 gotas de óleo são suficientes.
  4. Para aromatização de sabonete líquido, creme, xampu e óleos de massagem. Nesse caso, 3 gotas de óleo de alecrim são adicionadas a 5 ml de óleo base.
  5. Para inalações. 2-3 gotas são suficientes.

Lembre-se de que o óleo de alecrim é considerado bastante forte, portanto, deve ser usado com cuidado, principalmente quando for usar pela primeira vez e ainda não sabe a reação.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

O uso de óleo de alecrim para o cabelo

Este óleo essencial faz parte de muitos produtos para os cabelos. Entre os mais eficazes e populares estão os seguintes:

  1. Massagem de couro cabeludo. Adicione 3-4 gotas de óleo aromático de alecrim a uma colher de óleo de bardana ligeiramente aquecido. Em seguida, aplique, massageando, a mistura no couro cabeludo. O cabelo deve ser coberto com um filme e embrulhado com uma toalha. Após meia hora, a mistura deverá ser lavada com xampu.
  2. Máscara de cebola. Suco de uma cebola é misturado com 3-4 gotas de óleo essencial de alecrim e aplicado nas raízes do cabelo e no couro cabeludo. Repetir o processo da receita acima.
  3. Máscara de ovo. Bata uma gema de ovo com uma colher de sopa de óleo vegetal (bardana, uva, pêssego ou azeite de oliva). Repetir o processo da receita acima.
  4. Condicionador. Misture 10 gotas do óleo aromático com um litro de água morna ou em uma decocção de ervas (camomila, urtiga). Em seguida, enxágue o cabelo depois de lavá-lo. Não há necessidade de lavar o cabelo depois do procedimento.

Esses métodos simples e acessíveis permitem que você cuide do seu cabelo de forma barata e sem dificuldade.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

Óleo de alecrim para a pele

O óleo aromático de alecrim é tão eficaz para a pele quanto para os cabelos. Não é de surpreender que faça parte de muitos produtos de cuidados naturais:

  1. Para a pele seca, é bom usar uma mistura de uma colher de um óleo base emoliente (óleo de pêssego ou sementes de uva, abacate, abóbora, linhaça, óleo de mamona) com 2-3 gotas de óleo de alecrim. A mistura é aplicada na pele limpa com movimentos de massagem e deixada por meia hora. Em seguida, a pele é lavada com água morna caso não possa lavar o rosto no momento o excesso de óleo pode ser retirado com um lenço de papel..
  2. Para a pele problemática e oleosa, use óleo de cominho preto, semente de uva ou cardo como óleo base.
  3. Para clarear sardas e manchas da idade, misture com óleo de mamona ou espinheiro marítimo.
  4. Para reabsorção de cicatrizes, use óleo de rosa mosqueta como óleo base.
  5. 4-5 gotas de óleo de alecrim dissolvidas em 100 ml de água substituirão o tônico facial.

Essas são apenas algumas das sugestões. O óleo de alecrim é uma substância única que pode ser adicionada a qualquer outro produto de cuidado de pele.

Óleo essencial alecrim aromaterapia cabelos pele rosto

Dicas domésticas

Além de produtos de cuidados e máscaras complexos, que incluem óleo essencial de alecrim, existem muitas coisinhas simples que toda dona de casa deve saber. Aqui estão algumas delas:

  • Se antes de pentear os cabelos, você colocar uma gota do óleo em um pente de madeira, isso tornará seu cabelo mais brilhante, forte e obediente.
  • Depois de escovar os dentes ou entre as refeições, você pode enxaguar a boca com água, diluindo nela algumas gotas deste óleo. Isso refrescará seu hálito e ajudará a livrar-se de bactérias na boca.
  • Mulheres grávidas podem usar incenso ou o óleo de alecrim em lâmpadas aromáticas para aliviar o enjoo.
  • Você pode pingar esse óleo em um cotonete e aplicar a uma espinha por 30 segundos.
  • A dor de cabeça desaparece se você esfregar as têmporas e a testa com este óleo.
  • Seu bronzeado será melhor se uma hora antes de ir à praia você beber um copo de água morna com uma gota deste óleo.
  • Será mais fácil acordar se você colocar uma garrafa com este óleo ao lado da cama e imediatamente após acordar, respirar fundo algumas vezes.
  • O alecrim é uma boa substituição para os blocos aromáticos sintéticos em um carro. Para fazer isso, basta pingar 4-5 gotas em um pingente de aroma e pendurá-lo no espelho retrovisor.
  • Ao lavar roupas na máquina de lavar, 5 a 10 gotas de óleo podem ser adicionadas ao condicionador. Isso não apenas dará um cheiro agradável às roupas, mas também ajudará a combater bactérias.
  • Se antes de limpeza você umedecer um pedaço de algodão com óleo de alecrim e deixar o aspirador sugá-lo, um cheiro agradável em toda a casa estará garantido.

Os usos descritos acima são apenas uma pequena parte das maneiras de usar o óleo essencial de alecrim. Tente alguns deles, e vai amar seu aroma brilhante.

Deixe um comentário