Óleos vegetais: tipos, benefícios e valor nutricional

Derivados das sementes de vegetais e frutas com conteúdo oleoso, os óleos vegetais se tornaram um importante componente da dieta de muitos

Publicado em 10 de dezembro de 2018 por

Derivados das sementes de vegetais e frutas com conteúdo oleoso, os óleos vegetais se tornaram um importante componente da dieta de muitos – eles são uma ótima fonte de gorduras saudáveis. No geral, óleos vegetais fornecem muitos benefícios, entre eles, a redução do risco de doenças cardiovasculares, melhor metabolismo e digestão, menores chances de contração de câncer e um suprimento adequado de ácidos graxos como o Ômega 3 ao corpo.

A seguir, observaremos a composição nutricional e os benefícios de forma extensiva para maior esclarecimento.

Valor nutricional dos óleos vegetais

Vários óleos vegetais possuem diferentes componentes nutricionais que ajudam o corpo, contudo, existem também os elementos em comum, tais como a Vitamina E, os ácidos graxos Ômega 3 e 6 e gorduras mono, poli e saturadas.

Benefícios dos óleos vegetais

Após os componentes nutricionais, vamos entender como os óleos vegetais beneficiam nossa saúde e porque eles devem ser incluídos à nossa dieta diária:

Publicidade

  1. Promovem o crescimento celular: óleos como os de açafrão, de caroço de algodão, de girassol, de amêndoas e de trigo são ricos em Vitamina E, que é requerida pelo corpo para a proteção e desenvolvimento celular. Essa vitamina tem uma longa lista de benefícios: da melhora do sistema imune ao estímulo do sistema digestivo e à proteção dos tecidos do corpo (pele, olhos, seios, fígado, etc).
  2. Previnem condições cardíacas: gorduras poli e monoinsaturadas são as mais frequentemente encontradas em óleos vegetais. As primeiras ajudam na redução dos níveis de mau colesterol, reduzindo as chances de doenças cardiovasculares. Além disso, a presença de Vitamina E nos óleos auxiliam na prevenção de condições cardíacas e na eliminação de coágulos sanguíneos que podem prejudicar o sistema circulatório.
  3. Possuem bom conteúdo de ácidos graxos: o corpo precisa de ácidos graxos para várias funções; os óleos vegetais fornecem esses componentes em abundância. Existem, nomeadamente, dois tipos de ácidos graxos: o Ômega 3 e o Ômega 6. O Alfa-linolênico, um tipo de ácido graxo Ômega 3 é encontrado na soja, canola e na linhaça, esse último é muito similar aos peixes em quantidade de ácidos graxos.

Os ácidos graxos Ômega 3 são muito conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias, motivo pelo qual eles são altamente recomendados a pessoas que sofrem de doenças crônicas relacionadas ao coração, pele e sistema digestivo.

Lista de óleos vegetais

Óleo de Coco: esse popular óleo tropical possui uma variedade de benefícios: ajuda a prevenir perda capilar, envelhecimento precoce e melhora a imunidade. Ele pode ser usado para cozinhar, para massagens e como hidratante. Os vários tipos de óleo de coco são virgem, piro, refinado, fracionado e orgânico.

Óleo de Açafrão: extraído de suas sementes, esse óleo contém ácidos graxos Ômega 6 que ajudam no combate à obesidade, auxiliam na gestão da diabetes, previnem sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM) e potencializam a imunidade.

Óleo de Girassol: uma boa quantidade de ácidos graxos e Vitamina E nesse óleo o tornam uma opção muito saudável. Ele ajuda no ganho energético, melhora a saúde da pele e cabelos, previne doenças cardíacas, reduz a severidade de doenças como artrite e asma e promovem a regeneração de células da pele.

Óleo de Soja: esse óleo é extraído de sementes de soja e é rico em ácidos graxos. Um auto conteúdo de vitaminas, minerais e antioxidantes o tornam uma escolha muito saudável. Alguns de seus benefícios incluem melhor imunidade, cabelo e olhos mais saudáveis e risco reduzido de complicações relacionadas ao coração. Ele também auxilia na redução de sintomas da doença de Alzheimer.

Óleo de Oliva: pessoas não vegetarianas podem extrair ácidos graxos Ômega 3 de peixes ou óleos de peixe; pessoas vegetarianas ou veganas podem receber seu suprimento do óleo de oliva, que é utilizado na culinária, em cosméticos e para propósitos medicinais.

Óleo de Amendoim: como um bom equilíbrio de ácidos graxos, o óleo de amendoim também é rico em vitaminas, minerais e componentes orgânicos. Ele auxilia na manutenção dos níveis de colesterol, na regulação da pressão sanguínea e é bom para a saúde geral. Além do mais, esse óleo também atrasa os sintomas do envelhecimento, tais como rugas.

Publicidade

Óleo de Gergelim: esse óleo é rico em minerais tais como Zinco, Cobre, Cálcio e Magnésio, assim como em gorduras poli saturadas  e aminoácidos. Ele ajuda na redução de inflamações, melhora a saúde dental e o metabolismo, e reduz o aparecimento de manchas de idade.

Outros tipos incluem Óleo de Milho, Óleo de Caroço de Algodão, Azeite de Dendê, Óleo de Canola e Óleo de Linhaça.

Palavra de Cautela: ainda que os óleos vegetais possuam vários benefícios, entender a composição e os impactos que eles podem causar à sua saúde deve ser uma prioridade.

 

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário