15 incríveis benefícios do óleo essencial de Angélica

Os benefícios do óleo essencial de Angélica podem ser atribuídos à suas propriedades antiespasmódicas, carminativas, depurativas, sudoríficas, digestivas, diuréticas, hepáticas, emenagogas, expectorantes, febrífugas, nervosas, estimulantes, estomacais e tônicas.

Publicado em 13 de agosto de 2017 por

Os benefícios do óleo essencial de Angélica podem ser atribuídos à suas propriedades antiespasmódicas, carminativas, depurativas, sudoríficas, digestivas, diuréticas, hepáticas, emenagogas, expectorantes, febrífugas, nervosas, estimulantes, estomacais e tônicas.

A Angélica -botanicamente conhecida como Angelica archangelica ou Angelica Officinalis- é muito usada na indústria de alimentos e bebidas, e acredita-se que é originária da África, tendo se disseminado na Europa no Séc. XVI, onde ganhou notoriedade como um tratamento para a Praga, que era um visitante frequente à época. Ela se popularizou bem na Europa e, com o passar dos anos, outras propriedades medicinais foram descobertas. Essas propriedades provêm principalmente do óleo essencial da planta, que é composto de constituintes como o alfa e beta pineno, canfeno, beta bisaboleno, sabineno, felandreno, alfa e beta bisaboleno, copaeno, entre outros. O óleo essencial é extraído através da destilação à vapor do rizoma, sementes e folhas da erva.

Alguns benefícios do óleo essencial de Angélica são listados abaixo:

1 – Antiespasmódico: onde há espasmos, há também câimbras, tosses, dores, diarreia, aflições nervosas e convulsões. Mas… o que é um espamo? É uma contração involuntária e imprevista no trato respiratório, músculos, nervos, vasos sanguíneos e órgãos internos, resultando em tosses severas, câimbras, convulsões, obstruções nos vasos, dores estomacais e no peito, e outros sintomas. O único jeito de atenuar o sintoma é induzir o relaxamento das partes afetadas, e isso, o óleo essencial de Angélica pode fazer. Esse óleo alivia os espasmos e oferece alívio dos dolorosos sintomas descritos acima.

 

2 – Carminativo: o efeito relaxante do óleo essencial de Angélica auxilia na expulsão de gases do intestino. Ele relaxa os músculos intestinais e abdominais e permite a passagem dos gases pelo intestino, o que é muito mais saudável que deixá-los evoluir e ir em direção ao torso. Isso promove grande alívio a problemas relacionados ao excesso de gases, como indigestão, dores de estômago, dores de cabeça, câimbras, flatulência, náusea e pressão alta.

Publicidade

 

3 – Depurativo: é um termo que se refere à purificação do sangue. O óleo essencial de Angélica desempenha essa exata função com grande eficiência. É considerado um diurético (promove a urinação) e um sudorífico (promove o suor), e possui a capacidade de acelerar a expulsão de toxinas como o ácido úrico e outros (sal, água, gordura e bile) através do suor e urina. Portanto, também provê alívio de sintomas associados ao acúmulo de alguma dessas substâncias no organismo. Dessa forma, esse óleo também é capaz de reduzir a pressão arterial e a gordura (protegendo o coração) ao mesmo tempo em que atenua problemas como o reumatismo, artrite, gota e cálculos renais.

 

4 – Sudorífico: o suor pode ser a causa de muito incômodo para a maioria de nós, mas, na verdade, é uma das coisas mais benéficas à saúde. Isso se deve ao fato de o suor ser um método natural de remover toxinas e produtos em excesso do corpo. Ele não é só uma água salina com odor ruim. À parte da água e sais (como o cloreto de sódio e magnésio), o suor também contém sebo, gordura, ácido úrico, bile e outros elementos tóxicos que não são bem vindos no corpo. Suar também ajuda a aumentar o nível de potássio no corpo, reduzindo a pressão arterial, o conteúdo de gordura e auxiliando na perda de peso. Além disso, remover ácido úrico e outras toxinas do organismo traz alívio de reumatismo e artrite.

 

5 – Digestivo: o óleo essencial de Angélica também promove a digestão ao estimular a secreção de sucos digestivos como ácido e bile no estômago. Ele também viabiliza um próprio movimento da comida através dos intestinos e absorção do alimento digerido.

 

6 – Diurético: essa propriedade pode ser uma bênção para aqueles que estejam sofrendo de falência renal crônica, excesso de água no corpo, cálculo renal, obesidade, hipertensão e sintomas associados ao acúmulo de toxinas no corpo, como reumatismo, artrite e gota. Como um diurético, o óleo essencial de Angélica aumenta a frequência e quantidade de urina, o que ajuda a remover o excesso de água, sais, gordura e toxinas. Isso provê proteção efetiva dos sintomas discutidos acima.

Publicidade

 

7 – Hepático: o óleo essencial de Angélica provê boa proteção ao fígado e torna sua função melhor ao estimular secreções do órgão. Ele também protege o fígado de infecções e ajuda a curar feridas nele, se houver alguma presente.

 

8 – Emenagogo: esse óleo também estimula a liberação da menstruação obstruída e a torna mais regular. Como um bônus, mulheres podem obter alívio de outros sintomas associados ao período, assim como dores de cabeça, cólicas, náusea, vômitos e fadiga.

 

9 – Expectorante: sendo um expectorante, o óleo essencial de Angélica limpa o acúmulo de muco no trato respiratório e combate infecções que causam resfriados, promovendo, dessa forma, alívio de tosses, resfriados, sinusite e congestão pulmonar.

 

10 – Febrífugo: esse óleo essencial é capaz de reduzir a febre ao combater as infecções que a estejam causando. As propriedades sudoríferas e diuréticas também contribuem para esse efeito, já que a remoção de toxinas do corpo acelera o tempo de recuperação de infecções. O suor também ajuda a reduzir febres.

 

11 – Nervoso: o óleo essencial de Angélica também age como um tônico para os nervos. Ele é eficaz no tratamento de aflições nervosas e desordens e no fortalecimento de nervos. Sendo um relaxante e um estimulante ao mesmo tempo, ajuda a sedar as aflições nervosas e relaxa os nervos em casos de choque e hiper reatividade, enquanto também os estimula a entrar em ordem para nos tornar mais ativos e alerta.

 

12 – Relaxante: esse óleo possui efeito relaxante no corpo, mente e sistema nervoso. Isso se torna particularmente benéfico em situações de choque, depressão, ansiedade, raiva e hipertensão.

 

13 – Estimulante: ao contrário de sua propriedade como relaxante, o óleo essencial de Angélica também funciona como estimulante para os sistemas do corpo. Ele estimula a circulação sanguínea, a secreção de hormônios, enzimas e outros sucos, assim como estimula o processo metabólico, incluindo a digestão, absorção e excreção de alimentos.

 

14 – Estomacal: o óleo essencial de Angélica mantém o estômago em um bom ritmo ao preservar o equilíbrio dos ácidos e bile e o proteger de infecções. Ele também ajuda a curar qualquer tipo de ferida ou úlceras que estejam presentes no órgão.

 

15 – Tônico: esse óleo promove o ótimo desenvolvimento da saúde, estimula o crescimento e fortalece o sistema imune do corpo.

 

Outros benefícios: é benéfico ao sistema linfático e provê um tratamento efetivo para bronquites, asma, ciática, dores de cabeça, infecções, anorexia, anemia e psoríase. É também rico em propriedades anti-convulsivas, que podem ser atribuídas à presença de terpenos.

 

Nota: deve ser evitado durante a gravidez e por diabéticos. Pode causar irritações na pele em altas concentrações e também foto sensibilidade. Em altas doses, pode causar estimulação excessiva ou hiperatividade do sistema nervoso.

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário