O que é o piolho e como se livrar dessa praguinha

O piolho é um inseto (ectoparasita) que vive em nosso couro cabeludo por cerca de 40 dias, sendo que uma fêmea pode desovar aproximadamente 300 ovos por mês

Publicado em 23 de março de 2018 por

O piolho é um inseto (ectoparasita) que vive em nosso couro cabeludo por cerca de 40 dias, sendo que uma fêmea pode desovar aproximadamente 300 ovos por mês, assim tornando a proliferação infinita caso não tratada. Sua infestação ocorre a partir do contato direto com o cabelo de uma pessoa infectada ou através de objetos compartilhados (pentes, escovas e roupas).

É curioso que a maioria das pessoas são assintomáticas: têm a doença, mas não apresentam os sintomas (coceira intensa, cócegas e sensação de movimento no cabelo); por conta disso, não tratam do problema e acabam transmitindo para outros indivíduos (ou mesmo aumentando sua própria proliferação). Vale destacar que:

  • Piolhos de humanos são incapazes de infectar animais de estimação, não sendo transmitidos por eles;
  • Ter piolhos capilares não é sinal de falta de higiene, pois eles são contraídos a partir do contato com indivíduos infectados;
  • Piolhos não pulam ou voam;
  • Os piolhos não ficam apenas no couro cabeludo, podendo também parasitar nos cílios, sobrancelhas e pelos pubianos.

Tratamentos naturais

O piolho é um dos parasitas que mais afetam as crianças: estima-se que ¼ dos jovens sofrem com o piolho. A boa notícia é que é possível eliminar os piolhos com dicas caseiras, sem necessidade de usar produtos químicos fortes. Confira abaixo as melhores receitas e dicas:

Óleo essencial de Melaleuca: esse óleo conta com várias propriedades medicinais e é um excelente inseticida natural. Existem duas formas de utilizá-lo:

  1. Pingue dez gotas de óleo em cada 60ml do seu shampoo de preferência, lave o cabelo normalmente;
  2. Coloque 10 gotas do óleo em um spray de 100ml de água. Borrife duas vezes ao dia.

Mistura de óleos essenciais: em um recipiente, adicione 50ml de óleo de lavanda, hortelã-pimenta e eucalipto. passe por todo o cabelo, deixe descansar por algumas horas e depois lave com shampoo de sua escolha.

Chá de Arruda: um bom remédio caseiro para acabar com a infestação de piolhos e lêndeas é lavar o cabelo com chá de arruda, pois ele elimina os parasitas e acalma a coceira no couro cabeludo.

Publicidade

Ingredientes

  • 40g de folhas de arruda;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo: coloque as folhas de arruda na água fervente e deixe em infusão por 10 minutos, coe e aplique nos cabelos com auxílio de um pedaço de algodão ou gaze.

Vinagre de maçã: muitos dizem que este é um ótimo jeito de exterminar os piolhos por conta de seus componentes agressivos para esses organismos. A receita é fácil: basta aplicar uma solução com 2/3 de uma xícara de água quente e uma de vinagre de maçã na cabeça, lavando a cabeça normalmente após 1h de repouso.

Spray de citronela: a citronela afasta os piolhos por conta de seu intenso aroma.

Ingredientes

  • 150 ml de glicerina líquida;
  • 150 ml de tintura de citronela;
  • 350 ml de álcool;
  • 300 ml de água.

Modo de preparo: misture todos os ingredientes e coloque em um recipiente fechado. Aplique diariamente nos cabelos e na raiz, deixando atuar por alguns minutos.

Azeite de oliva: esquente uma quantidade generosa de azeite extra virgem de oliva e quando estiver a uma temperatura suportável, aplique no couro cabeludo e nas raízes depois do banho. Massageie bem o cabelo, com movimentos circulares, e depois coloque uma touca de banho. Durma com o produto uma noite, e, pela manhã, lave com muita água quente. Passe um pente fino para tirar qualquer rastro de piolhos ou lêndeas. Repita o processo durante três noites seguidas.

Publicidade

Nota: vale destacar que os tratamentos aqui informados NÃO substituem o acompanhamento médico e mulheres grávidas devem tomar cuidado redobrado antes de ingerir qualquer tipo de substância. Consulte um especialista.  

 

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário