Anti-totem e o lado sombrio do Animal Totem

anti-totem animal de poder xamanismo

Publicado em 23 de setembro de 2019 por

No artigo de hoje, forneceremos informações muito importantes e destinadas principalmente àqueles que praticam seriamente o trabalho com Animais Totens.

Claro que, trabalhar com um totem é, antes de tudo, trabalhar com sua consciência, ou melhor, com a subconsciência – e isso não apenas representa muitas oportunidades, mas também alguns perigos.

  1. O que isso significa?

Nenhum totem, assim como nada no mundo, é só positividade: todos os totens possuem seu lado sombrio que geralmente traz os defeitos de tal animal. O Anti-totem, por sua vez, traz o oposto de suas boas caracteristicas. Um totem é um conceito holístico, e sempre tem um lado positivo e um lado negativo.

O lado negativo ou Sombra do Totem é ativado em dois casos:

  • quando uma pessoa renuncia ao caminho pelo qual o Espírito totêmico conduz – nesse caso, trata-se da manifestação da antítese
  • quando uma pessoa se identifica muito com o lado destrutivo do totem – nesse caso, trata-se do lado sombrio do totem

anti-totem animal de poder xamanismo

  1. Mas afinal, o que é um Anti-totem?

No primeiro caso, a pessoa pode recusar os dons que seu patrono lhe oferece ou ignorar as lições do Espírito e, não podendo usar suas forças, gradualmente se degrada.

Publicidade

Às vezes, as qualidades de um anti-totem são apresentadas na forma de um animal – o oposto do caráter do totem. Por exemplo, no horóscopo zoroastriano, o anti-totem de uma cobra de natureza inócua, é uma víbora perigosa.

Nesse caso, o anti-totem começa a aparecer gradualmente, de longe, e mais frequentemente do que não, a própria pessoa, não percebendo, gradualmente fica cada vez mais afastada de seu verdadeiro “eu”.

Isso geralmente é acompanhado por alcoolismo, depressão e, em casos avançados, por tentativas de suicídio – a propósito, é nessa situação que os xamãs se voltam para a pessoa para lhe devolver o Animal Totem.

  1. Lado Sombrio dos Totens

No segundo caso, a pessoa não renuncia ao Totem, mas usa seu poder e dons não para o benefício dos outros, mas para satisfazer os desejos de seu ego e para sua autoafirmação.

Nesse caso, a energia do totem é transformada de criativa em destrutiva e, com seus pensamentos, intenções e ações, a pessoa se alimenta apenas dessa energia. O resultado pode ser muito triste para os outros e para a própria pessoa.

Num nível mais profundo, este é um jogo de sentimentos e crueldade com os entes queridos e subordinados. A nível global, de despotismo e tirania.

Em ambos os casos, a pessoa não cumpre sua missão e se torna um fantoche, subordinado ao seu subconsciente, a impulsos instintivos, incapaz de lidar com isso, e dedica toda a sua força e energia a um abismo sem fundo que nunca será suficiente.

Como resultado disso, perde recursos, saúde e desrespeita seu próprio conceito. Em alguns casos, a pessoa pode perder a cabeça e até a vida.

Publicidade

Para impedir que isso aconteça, é necessário conhecer claramente os lados sombreados do seu Totem.

Isso não significa que esses lados sejam claramente ruins ou negativos. Nada é criado assim, e qualquer qualidade do totem pode ser útil em uma determinada situação – contanto que com moderação. Se você não prestar atenção  isso pode se voltar contra você.

anti-totem animal de poder xamanismo

  1. Lados sombreados de animais totens

Abaixo, você pode encontrar algumas informações sobre os lados sombrios dos principais Totens:

  • Borboleta: frivolidade, infidelidade
  • Esquilo: nervosismo, agitação, desperdício de energia sem objetivo, workaholism
  • Touro: raiva, embotamento emocional
  • Javali: crueldade, cegueira emocional
  • Lobo: raiva, agressão
  • Corvo: dependência das opiniões dos outros, bajulação, incitação e provocação
  • Guepardo: incapacidade de terminar o que foi iniciado, prisão ao mesmo cenário
  • Hedgehog: falta de nitidez na comunicação, palavras afiadas, indiferença
  • Cobra: comportamento “tóxico”, crueldade
  • Cabra: teimosia até estupidez
  • Coiote: comportamento que tira sarro dos outros, piadas ruins
  • Gato: dependência de drogas, alcoolismo, roubo ou vingança
  • Rato: avareza, exigência
  • Leão: despotismo
  • Raposa: cinismo, engano
  • Urso: preguiça, indiferença
  • Macaco: explosões de energia e raiva
  • Cervo: corpo mole, falta de opinião
  • Águia: insensibilidade, sedução pelo sucesso, arrogância
  • Aranha: comportamento frio, sede de matar
  • Peixe: falta de propósito e opinião própria
  • Elefante: insensibilidade à dor dos outros
  • Leopardo da Neve: isolamento, misantropia, frio
  • Cão: bajulação, covardia
  • Coruja: calculismo, capacidade de atingir a meta por qualquer meio necessário
  • Falcão: obsessão, arrogância
  • Libélula: absorção por ilusões
  • Tartaruga: pretensa independência, indiferença

anti-totem animal de poder xamanismo

  1. O que fazer ao detectar manifestações de sombra

Se você perceber que está começando a sucumbir ao lado sombrio de seu Totem, faça o seguinte:

  • pergunte a si mesmo qual objetivo você está realmente perseguindo ao praticar essa estratégia de comportamento
  • lembre-se do seu objetivo espiritual global
  • compare o caminho escolhido com o seu verdadeiro destino – eles coincidem?
  • pergunte a si mesmo qual é a sua necessidade não atendida e como ela pode ser satisfeita com outros métodos não destrutivos.

E o mais importante: tendo descoberto a manifestação do lado sombrio do Totem, não se repreenda, não lute consigo mesmo e não seja seu inimigo. Gradualmente, comece a perceber seu verdadeiro chamado.

Não tente dissipar a escuridão, ela se dissipará sozinha, basta que você lance luz sobre ela.

Leia também:

Como encontrar o seu Animal Totem

Os totens em Diferentes Tradições

O que é um Animal Totem?

Como escolher um Animal Totem para lhe ajudar nas tarefas vitais

Animal Totem e Animal de Poder – qual a diferença?

O Despertar da Alma

7 presságios que anunciam a Noite Sombria da Alma

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário