Entendendo os adaptógenos

Embora muitos estejam bem familiarizados com adaptógenos, algumas pessoas não sabem o significado dessa palavra.

Os adaptógenos são drogas que nos ajudam a adaptar-nos a certas condições e aumentam a resistência do corpo a uma ampla gama de efeitos prejudiciais, incluindo estresse e fadiga.

Estas drogas incluem um grupo inteiro de produtos farmacológicos, que tem origem artificial ou natural. A farmacologia de tais drogas é destinada a manter as forças protetoras naturais da pessoa.  

adaptógenos imunidade adaptação saúde corpo

  1. O que são adaptógenos

Dadas as realidades da vida moderna, nenhum de nós está imune ao estresse e ao cansaço. E todos esses problemas podem ter impacto não apenas na vida pessoal, mas também na saúde.

Além disso, estamos expostos a diferentes influências ambientais todos os dias: problemas ecológicos, produtos químicos domésticos, substâncias nocivas em produtos: todos eles afetam nosso corpo e saúde.

Mais cedo ou mais tarde, chega um momento em que o corpo para de resistir e logo surgem problemas como a insônia, irritabilidade, fadiga e depressão. A partir desse ponto, o aparecimento de doenças crônicas é apenas uma questão do tempo.

Os adaptógenos podem ajudar nosso corpo a se sentir melhor e mais calmo, pois são capazes de normalizar as funções básicas do corpo, aliviar a fadiga e normalizar o sono.

O termo “adaptógenos” foi usado pela primeira vez pelo farmacologista soviético-russo Nikolai Lazarev depois de estudar as propriedades do eleutherococcus em 1947. Ele descobriu um grupo de preparações de ervas que ajudam o corpo a resistir a alguns efeitos físicos, químicos ou biológicos desfavoráveis, criando uma resistência inespecífica (imunidade).

Pesquisas nessa direção foram e continuam sendo conduzidas por cientistas no mundo inteiro. Muitos estudos realizados neste campo mostraram que os adaptógenos são capazes de:

  • Aumentar a resistência física e mental;
  • Proteger dos efeitos da radiação;
  • Reduzir os efeitos colaterais de medicamentos quimioterápicos;
  • Reduzir a frequência de infecções;
  • Aumentar a resistência a substâncias químicas carcinogênicas.

adaptógenos imunidade adaptação saúde corpo

  1. Classificação dos adaptógenos

Dependendo da origem das drogas, os adaptógenos são divididos em:

  • Vegetais;
  • Animais;
  • Minerais;
  • Naturais;
  • Sintéticas – adaptógenos sintéticos são drogas fabricadas pela indústria farmacológica.

Os primeiros quatro tipos de adaptógenos eram conhecidos já há milhares de anos.

Existem algumas ervas que possuem propriedades adaptogênicas. As mais famosas são eleutherococcus, raiz de ouro, astrágalo, ginseng e outras.

Vários produtos alimentares também podem ser classificados como adaptógenos: alho, espinheiro marítimo, gengibre e outros.

Adaptógenos minerais incluem shilajit.

Adaptógenos naturais, ou substâncias húmicas, incluem turfa, sapropeles, carvões e outros compostos orgânicos formados sob a influência de microorganismos que crescem sob certas condições ambientais em animais em decomposição e resíduos de plantas.

A classe de adaptógenos de origem animal, assim como a variedade vegetal, é muito grande. Podemos incluir nessa classe produtos de apicultura, chifre de cervos, gordura de tubarão, produtos de sêmen processado de peixess da família Salmonidae.

Os adaptógenos são disponibilizados em várias formas. Os vegetais podem ser comprados na forma de chá, tintura de álcool, extrato ou erva. Os de origem mineral e animal são mais frequentemente produzidos sob a forma de comprimidos, pó ou cápsulas.

adaptógenos imunidade adaptação saúde corpo

  1. O mecanismo de ação dos adaptógenos

Estudos mostram que adaptógenos ajudam a evitar o ponto crítico quando o corpo não é capaz de lidar com os problemas acumulados. A essência de sua ação é ajudar o organismo a lidar com o estresse, a fadiga e os efeitos ambientais adversos.

Eles aumentam o limiar de estabilidade liberando o hormônio do estresse pelas glândulas suprarrenais, afetando as funções da glândula pituitária. Anteriormente, essas drogas eram chamadas de tônicos ou drogas tonificantes.

Como explicam os cientistas, os adaptógenos funcionam da seguinte maneira: quando percebe perigo, o cérebro transmite sinaliza ao hipotálamo que libere cortisol, o hormônio do estresse.

Este sinal é transmitido para a glândula pituitária e, em seguida, através da corrente sanguínea para o córtex adrenal, onde, através de uma estimulação, o cortisol e outros hormônios glicocorticoides são liberados. Em outras palavras, os adaptógenos suprimem a liberação de hormônios do estresse.

Isso significa que as situações estressantes diárias terão menos efeito no corpo sem nos tirar do ritmo habitual da vida. Isso ajudará a resolver todos os problemas com menos estrago para a saúde, deixando mais energia vital e ajudando a manter a calma.

adaptógenos imunidade adaptação saúde corpo

  1. Como tomar adaptógenos

Cada classe de adaptógenos tem suas próprias propriedades úteis e curativas. No entanto, é possível destacar algumas ações comuns características de cada tipo de adaptógeno.

Estes são:
  • Efeito favorável sobre o sistema nervoso;
  • Maior resistência do corpo à falta de oxigênio;
  • Maior permeabilidade das membranas celulares e melhor nutrição das mesmas;
  • Ativação de processos metabólicos.

Como demonstram estudos, ao tomar medicamentos adaptogênicos em períodos de fadiga e grandes esforços mentais e físicos, a produtividade aumenta em uma vez e meia ou duas vezes. Este efeito ocorre no menor tempo possível: literalmente dentro de uma hora após a ingestão dos medicamentos, de forma que o efeito pode durar até várias horas.

O persistente efeito positivo de adaptógenos vem gradualmente, dentro de 15 a 30 dias com a ingestão diária.

Todos os adaptógenos possuem propriedades tonificantes. Portanto, devem ser tomados pela manhã. Como regra geral, essas drogas devem ser tomadas uma ou duas vezes por dia.

O curso pode ser repetido dependendo da necessidade.

Geralmente eles são tomados antes do início da temporada de resfriados e gripe. Para estudantes, é bom tomar adaptógenos antes do período de provas, para que o corpo lide melhor com as grandes cargas mentais e psicológicas.

Os médicos recomendam tomar drogas compradas na farmácia, pois são mais concentradas e armazenam mais substâncias úteis que não sofrem durante o processo da produção pelas empresas farmacológicas, o que não pode ser dito sobre drogas preparadas em casa. No entanto, preparar seus próprios adaptógenos também é uma opção.

A dose depende do medicamento específico. Como regra geral, a dose aceitável está indicada na embalagem, mas cada organismo é individual. Portanto, é melhor escolher a dosagem por teste ou consultando um médico.

adaptógenos imunidade adaptação saúde corpo

  1. Efeitos colaterais

Os mesmos medicamentos adaptogênicos não são adequados para todos, porque pessoas podem reagir de maneira diferente às mesmas drogas. Portanto, tudo depende das características individuais.

Não é recomendado tomar tais medicamentos durante a gravidez e lactação.

Antes de tomar qualquer medicação, é necessário consultar o seu médico. Talvez os adaptógenos não sejam compatíveis com outros medicamentos que você pode estar tomando.

De qualquer forma, é melhor usar adaptógenos como um apoio de curto prazo para o corpo, ao invés de usá-los sempre.

Suas propriedades têm um efeito benéfico sobre o corpo, mas você deve se lembrar do lado negativo também.

A verdade é que na questão de se e como você deve tomar adaptógenos, seu corpo será seu melhor conselheiro.

Deixe um comentário