A pantera negra

A pantera negra, é simbolo da energia feminina, ela tem leveza, graça, mas tambem ferocidade, agilidade, pessoas com ela como animal de poder precisam.

Publicado em 2 de dezembro de 2016 por

A pantera negra animal do poder Símbolo do curso astral: morte e renascimento da energia feminina

O poder das panteras negras inclui viagens astrais, energia guardiãs, símbolo do feminino, morte e renascimento, compreensão da morte, recuperação do poder, capacidade de conhecer a escuridão, agressividade e poder sem influência solar, recuperação do poder.

A pantera é um guia espiritual muito antigo e poderoso. Seu poder é lunar. Nos ritos egípcios, uma cauda de pantera era usada ao redor do pescoço ou da cintura para ajudar a proteger e fortalecer o indivíduo. A pantera tem sido um símbolo do “Argos de mil olhos”, que protegeu a novilha IO que Zeus amou. Após sua morte, os olhos foram movidos para as penas do pavão.

O nome “pantera” é ligado frequentemente com uma determinada espécie do leopardo ou do jaguar e às vezes o puma. As panteras negras são menores, mas mais ferozes que leões ou tigres. Elas também são brilhantes nadadoras e escaladoras ágeis. Porque elas têm a capacidade de Sprint (maior velocidade próximo ao fim da corrida), elas mantêm os ensinamentos de ação rápida decisiva. As panteras não são as melhores corredoras de longa distância, por isso aqueles com este animal do poder devem fazer exercícios que melhorem sua resistência, e mesmo algum tipo de exame e terapia nesse sentido. Natação, artes marciais são excelentes quando se trata de conseguir essas duas coisas. É necessário aprender seu ritmo próprio, para não tornar difícil a execução de qualquer tarefa.

As panteras são geralmente solitárias, extremamente confortável com elas mesmas e são muitas vezes atraídas para outras pessoas solitárias. As mulheres com os animais do poder da pantera, do leopardo ou do jaguar encontram-se frequentemente em situações em que criam seus filhos sozinhas, seja através do divórcio ou circunstâncias adversas.

As pessoas com este animal de poder podem desenvolver clariaudiência, a capacidade de ouvir comunicações de outras formas de vida ou dimensões. Eles devem confiar em seus pensamentos e voz interior / visões, sabendo que elas são baseadas na realidade. Este é um guia animal para ajudá-lo em seu caminho, às vezes na forma de uma pessoa real como um mentor ou professor. A pantera negra é dotada de grande magia e poder, que será cada vez mais experimentado.

Publicidade

As panteras têm mais de 400 músculos voluntários que podem ser usados à vontade quando necessário. Elas são capazes de se moverem graciosamente dentro de qualquer situação, bem como congelar e não serem notadas. Este é um símbolo da capacidade de mudar as realidades, usando todas as partes do corpo para executar uma tarefa. O dom da pantera é o poder do silêncio. Elas estão quase silenciosas quando caçam ou perseguem presas, e sabem quando se fazem ver e como se ocultar quando não querem ser vistas.

As panteras mantêm os segredos de mundos que são invisíveis e estão associados com as energias lunares. Dentro da escuridão da noite reside a verdade da criação. As panteras negras têm um grande misticismo associado a elas. Representam a vida e o poder da noite. Elas podem nos mostrar como acolher a escuridão e despertar a luz dentro dela.

Aqueles com este animal de poder contêm conhecimento de uma origem galáctica, e têm a responsabilidade de cuidar e respeitar estes conhecimentos. Cuidado deve ser usado ao compartilhá-lo com outras pessoas. Quando o aluno está pronto o professor aparece, e vice-versa. Se o estudante não está maduro a informação dada poderia desencadear consequências negativas.

As panteras possuem sensibilidade aguda. Os cabelos que cobrem seus corpos esticados, especialmente na face, captam vibrações sutis. Isto é simbólico para aqueles com este guia. É uma indicação da necessidade de prestar atenção aos seus sentimentos e honrar as mensagens transmitidas por esses sentimentos.

O toque pode ser um caminho significativo para explorar para despertar os presentes ocultos. As panteras negras são lustrosas, suaves e sensuais; seu couro e pelos tem sido ligados à sexualidade. Se a pantera entra em sua vida, ela pode estar pedindo que você resolva velhas questões sexuais, ou abrace sua sexualidade completamente.

Ao experimentar a presença da pantera, uma das suas características mais marcantes é o seu olhar fixo, parecendo ver através do corpo. Aqueles com a medicina da pantera podem usar seus olhos como uma ferramenta de cura e têm o potencial para curar em um nível celular.

A pantera é um guia poderoso para ter, trazendo sempre uma energia de guardião para aqueles a quem elas vêm.

Leia também:

Publicidade

Cardeal,

Girafa,

Carneiro,

Castor,

Cavalo Marinho,

Cavalo,

Cervo,

Chimpanzé ou macaco,

Chinchilla,

Cisne,

Compartilhe a natureza!

6 comentários sobre “A pantera negra

  1. Valdirene Ferreira da Silva

    Perfeito

  2. Jessé Machado

    Como sei se tenho esse guia? Isso depende da minha muita vontade de “incorporar” esse animal como guia espiritual?

    1. Texugo

      Todas as pessoas têm um totem você só precisa de paciência para encontrar o seu.
      Tenha uma ótima semana.
      ATT: Texugo

  3. cristiane santiago

    o arquetipo da pantera dá cansaço durante o dia? porque tô usando ela, e estou acordando cansada!! desde já agradeço!!1

  4. Kedma

    Eu sonhei com uma pantera negra,ela me olhava,e eu não conseguia tirar os olhos dela,não por medo mas por admiração, ela era muito linda,acordei querendo tatuar ela kkk..e lendo esse texto vi que tem muita coisa em comum comigo,e coisas que preciso colocar em prática ❤sera meu guia?

  5. VANA

    Olá! Encontrei minha pantera negra num Congresso Holístico há uns 30 anos. A confirmei num Temazcal. Sou infinitamente grata à ela.
    Escrevi:
    YAMARA PIXUMA

    Dentro da noite escura
    Brilham no céu duas estrelas
    Olhos-guias para a agrura
    Com que, às vezes, a Vida nos premia
    O silêncio é movimento
    Sem estalar de galhos
    Em salto muito atento
    É Yamara, é Pixuma
    Minha Pantera
    Meu alento.

    A Lua é sua mestra
    O Sagrado Feminino refulgente
    Seja em risco fino
    Ou numa redonda ardente
    Ventre-mãe da Terra
    Avisando dos perigos
    Se encolhe no ataque
    Se estica
    Aproxima
    Da chama da Vida
    Eleva alto facho
    Ela é toda feminina.
    Yamara Pixuma

    Seu olhar atravessa os ossos
    Vê as almas expostas
    Vê além do que posso crer
    É manhosa, é menina
    E nela está meu viver
    Tenho na Pantera
    As armas depostas
    Yamara Pixuma

    Seu silêncio é fino corte
    Que expõe todas as vísceras
    Da alma que banida
    Urra e morde a ferida
    Passo lento e sem ruído
    Anda ela na floresta
    Sem aviso, sem alarde
    Traz à Vida como festa
    Yamara Pixuma

    Anda só e lá no longe
    Sabe sentir seu macho
    Que ao deitar
    Nela se revela
    É ele complemento
    Não é alento
    É parceiro
    Companheiro
    No silêncio da certeza
    Que não exige presença
    Apenas tocha acesa
    No olhar sábio e total
    Do qual
    Não se pode escapar
    Se não souber respeitar
    A vida que se obtém
    Com muito esforço para ir além
    Yamara Pixuma

    Ouve bem mais que o vento
    Ouve murmúrios e tormentos
    Vê o que ninguém vê
    E a Criação
    Cabe em sua mão
    É pura devoção
    Àquele que a fez maior
    Do que seu pouco tamanho mostra
    Do Criador, é uma amostra
    É Yamara, É Pixuma!
    A Negra Pantera do silêncio
    Esplendor na noite plena
    Obscura à luz do dia
    Segredo, mistério
    Sêmen do feminino irradia
    É Yamara, é Pixuma!

    Vana Comissoli

Deixe um comentário