Animal Espiritual Diabo da Tasmânia

totem animal

Publicado em 14 de janeiro de 2019 por

Se o Diabo da Tasmânia atravessou sua trilha…

Ele o está lembrando de que apenas nós temos o poder de mudar nossa situação no momento. Hesitação ou procrastinação não são opções agora. É hora de agir mais agressivamente em direção aos seus próprios objetivos, sonhos e realidades.

Alternativamente, se você está desconfortável como onde está, é hora de ser honesto consigo mesmo. Vá para dentro de si e tome algum tempo para desvendar em que ponto você está sabotando sua felicidade e prosperidade. Saiba que você tem as habilidades de mudar os medos escondidos e irracionais em si mesmo e superar quaisquer obstáculos que venham até você.

Se o Diabo da Tasmânia é seu Animal Totem

Como pessoa com esse guia, é muito provável que você tenda a ser muito barulhento em grupos. Você tem uma compreensão muito boa de seu poder pessoal e não tem medo de usá-lo em seu próprio benefício, contudo, é também sensível e frequentemente brutalmente honesto com aqueles ao seu redor. Você protege ferozmente o que é seu e sabe quando lutar por isso. Assim como o próprio animal, você defende seu território de qualquer coisa.

Se o Diabo da Tasmânia veio em um sonho

Se essa criatura veio em um sonho, isso pode significar que você não está lidando com suas ansiedades ou medos muito bem na sua vida. O guia o está deixando saber que essas emoções não estão lhe servindo e que elas estão lhe impedindo de conquistar seus objetivos. Se o Diabo estiver se alimentando, isso pode ser um lembrete de que você está conectado ao Grande Universo provedor.

Assim como o Diabo da Tasmânia, tome atitude hoje, já! Encare seus medos e defenda seu território!

Publicidade

Outros simbolismos do Diabo da Tasmânia

  • Ação;
  • Agressão;
  • Defesa;
  • Saúde;
  • Honestidade;
  • Introspecção;
  • Magia;
  • Perseverança;
  • Poder;
  • Proteção;
  • Reflexão;
  • Território;

Leia tambem:

Golfinho,

Gralha,

Grilo,

Guaxinim,

Guepardo,

Javali,

Joaninha,

Publicidade

Lagarto,

Leão da Montanha,

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário