Criando suas garrafas de bruxas

garrafas bruxas proteção amor dinheiro magia

Publicado em 27 de fevereiro de 2019 por

Quando eu era criança, gostava muito de garrafas decorativas que geralmente continham vegetais (pequenas abóboras, pimentas, ervas picantes) infundidos em óleo, e eram seladas e colocadas nas prateleiras da cozinha como decoração.

Naquele tempo, elas me pareciam um tipo de artefato mágico. Apenas muito tempo depois eu soube da existência das “garrafas de bruxas” e, mais tarde, comecei a fazê-las para mim.

Garrafas compradas funcionam?

Se você agora olhar para a Internet, poderá encontrar uma variedade dessas garrafas com vários tipos de conteúdo que atende aos mais variados gostos. Será que esses “artefatos de loja” funcionam? Provavelmente – em partes –, sim.

Mas graças ao “efeito placebo”, assim como a maioria dos amuletos, talismãs e outros itens mágicos no mundo moderno:

Uma pessoa compra uma “garrafa de dinheiro”, ou um amuleto que protege do mau olhado, acredita em seu poder, de alguma forma por confiar nesse amuleto fica mais calma, e algo novo ocupa o lugar que foi liberado pela ansiedade que foi embora.

garrafas de bruxas proteção amor dinheiro magia

Como funcionam as garrafas de bruxas

Mas vamos falar sério. Como fazer esses objetos funcionarem de verdade? Hoje não vamos falar sobre amuletos, talismãs e outras coisas, mas focar especificamente em garrafas de bruxas. A

resposta é muito simples (embora seja simples também para todo o resto, não apenas para as garrafas): faça o objeto com suas próprias mãos. Não há nada de impossível na tecnologia de manufatura, nos itens que serão necessários para isso, e mesmo no trabalho com uma intenção específica.

Publicidade

Vamos começar dizendo que a garrafa de bruxa era originalmente ou um meio de proteção (por mais engraçado que pareça, proteção principalmente de outras bruxas!), ou de ataque (contra as bruxas de novo!).

Este é um modo medieval de proteção contra efeitos mágicos negativos, um modo de “repelir” a eles ou a qualquer pessoa mal-intencionada.

Portanto, a composição de tal garrafa é muito específica: objetos pontiagudos (agulhas, pregos, espinhas de plantas), ervas (conhecidas por suas propriedades protetoras) e (preste atenção!) partículas “vivas” de corpo humano (tais como unhas e cabelos).

Na maioria das vezes, essas garrafas não eram preenchidas de óleo, mas com urina – nem o sangue era poupado para esses fins.

Geralmente, esses itens eram guardados fora de casa: enterrados no jardim, no portão, sob o alpendre, etc.

garrafas bruxas proteção amor dinheiro magia

Agora vamos nos voltar aos dias de hoje

Hoje em dia, você pode encontrar garrafas para qualquer ocasião da vida: para proteção (passiva ou ativa, dependendo do resultado desejado), para ganho monetário, para amor ou para harmonia. Isso é absolutamente normal.

O ritual pode ser preenchido com qualquer intenção ou pensamento, então é natural que o mesmo possa ser feito com um artefato na forma de uma garrafa.

Publicidade

A principal condição de tal garrafa é provavelmente a presença de um ativador.

E o ativador no nosso caso, ou seja, a partícula carregada que se encontra dentro do objeto, será um pedaço daquele que a cria. Sim, estamos falando de unhas e cabelos.

Eu recomendaria abster-se de usar urina e sangue. Em primeiro lugar, é anti-higiênico (e nem sempre cheira bem) e, em segundo lugar, se falarmos de sangue, por exemplo, uma pessoa deve aprender a trabalhar com ele em níveis que sejam diferentes dos rituais domésticos.

Além disso, não é bom para um mago praticante de qualquer nível criar “ligações” extras que vão sugar sua energia.

garrafas bruxas proteção amor dinheiro magia

Criando a garrafa

Para criar qualquer garrafa, você precisará da própria garrafa, com uma rolha ou uma tampa bem forte, bem como cera para “selar” o frasco pronto. Finalmente, deve também ter o recheio.

Escolhendo a garrafa:

hoje em dia, podemos achar uma enorme variedade de garrafas, desde simples frascos de meios cosméticos a garrafas sofisticadas de design único com rolhas.

A transparência/turbidez do vidro, bem como sua cor e forma dependem apenas dos seus desejos e intenções.

Para garrafas protetoras, é melhor usar vidro escuro e forma discreta (afinal, elas vão ser enterradas ou escondidas).

Para garrafas de amor/dinheiro/harmonização, você pode usar vidro claro ou colorido e prestar mais atenção à forma, pois elas podem ser usadas como decoração ou deixados no altar.

A rolha ou tampa

A rolha/tampa de qualquer garrafa deve estar apertada. Em relação à vedação com cera, isso é tanto uma necessidade (mãos casuais não abrirão a garrafa tão facilmente) quanto um excelente método mágico de liberar a intenção: a garrafa foi feita, selada e colocada no lugar e assim, a energia foi liberada.

Conteúdo da garrafa

Quanto ao conteúdo, ele depende inteiramente de você e de seus objetivos.

Pregos, agulhas, fragmentos de vidro e espinhas de plantas são ideais para proteção.

Para garrafas de dinheiro, amor, harmonização, e assim por diante, o recheio pode ser muito mais suave, e não necessariamente “afiado” (você quer amor ou feridas?). Então, escolhendo os símbolos que serão selados na garrafa, proceda do seu propósito e suas associações.

Adicione ervas – dependendo de suas propriedades. Espinhos de plantas e plantas espinhosas para proteção, pétalas de flores para o amor ou ervas com propriedades protetoras, curativas e harmonizantes.

garrafas bruxas proteção amor dinheiro magia

Componentes humanos

Quanto aos componentes “humanos”, não precisa usar muitos deles: basta pegar alguns fios de cabelo que tenham ficado no pente depois de pentear. Eles carregam poder pessoal suficiente para ativar sua garrafa.

Repito novamente: não use sangue se você não for um especialista em magias de sangue, pois ele é um poderoso ativador, e carrega consigo uma responsabilidade muito mais séria pelo que está sendo feito. Cancelar qualquer magia do sangue é muito mais difícil de que qualquer outro tipo de magia!

Você pode também usar um feitiço, recitando-o ao criar e selar sua garrafa e, por exemplo, escrevendo-o, queimando-o e despejando as cinzas do papel na garrafa – ou simplesmente escrever e enrolar o papel em volta da rolha ou colocar dentro da garrafa.

O liquido na garrafa

Como dito anteriormente, as primeiras garrafas de bruxa continham urina. Hoje em dia, no entanto, muitas pessoas usam óleo, criando um suprimento energético de longo prazo, ou até mesmo água, incluindo a água do mar – esta última atua como um armazém e ativador de energia ao mesmo tempo.

Você pode não usar nenhum recheio, especialmente se tiver certeza de que todos os componentes estão secos e não serão cobertos com mofo dentro de um mês.

Momento da criação da garrafa de bruxa

O momento para criar tal garrafa é escolhido individualmente (eu sou sempre a favor de fazer quando a ideia, o humor e o estado permitem que você crie magia).

Os dias de poder especial (feriados da roda), lua crescente e lua cheia são ideais para os tipos de garrafas que são destinadas à criação.

Já os dias de a lua minguante e lua nova são boas para garrafas de proteção ou para aquelas projetadas para remover alguma coisa da sua vida, absorvendo-a.

garrafas bruxas proteção amor dinheiro magia

Onde guardar a garrafa

Garrafas destinadas a proteger ou remover coisas negativas da casa/vida funcionam melhor quando enterradas.

Se não houver essa possibilidade, é melhor colocá-las fora do alcance de qualquer pessoa.

No meu caso, por exemplo, uma garrafa protetora fica na prateleira de cima do armário no corredor, onde ninguém sobe.

Garrafas de objetivos menos específicos podem ser colocadas no altar ou como um “objeto de decoração”. Eu gosto da ideia de colocar garrafas onde a energia é adequada para isso.

Por exemplo, parece lógico colocar uma garrafa para o bem-estar financeiro na cozinha/despensa, ou seja, em um lugar de casa que está associado ao bem-estar e à abundância de recursos.

Uma garrafa de natureza amorosa pode ser colocada no banheiro ou no quarto, mas nunca em um lugar visível, pois os milagres não gostam de ser olhados. Apenas escolha um lugar onde ela estará disponível para você, porque qualquer olhar de relance do seu dono “despertará” energias sutis.

Espero que este artigo lhe seja útil na prática mágica e na criação de artefatos com suas próprias mãos.

E lembre-se: aquilo que foi criado por suas próprias mãos não funcionará apenas como um mero “efeito placebo”, mas terá poder real!

Leia também:

Futark: valores e distribuição das runas

Peônia: uma flor mágica

Sapatos de bast como amuleto: significado e uso

Raiz de acorus na magia

Como fazer uma varinha mágica?

Harmal: propriedades mágicas

Compartilhe a natureza!

Deixe um comentário